Quarta-feira 27 de setembro no programa “Cancioneiro Latino-Americano” as participações dos grupos musicais Raíces de América e Tarancon, que se formaram na década de 70 em São Paulo por artistas nascidos em vários países do nosso continente

Hoje, até meia-noite “Cancioneiro Latino-Americano, os grupos Raíces de América e Tarancón, ambos formados em São Paulo na década de 70, por músicos e cantores do nosso continente. Os coletivos artísticos emprestam suas vozes e instrumentos para suas composições autorais e clássicos de autores consagrados da América Latina.

Read more

Terça-feira 26 de setembro no programa “Arquivo MPB” os discos individuais de estreia dos cearenses na década de 70: os cantautores Fagner e Belchior e a intérprete Amelinha

Hoje até a meia-noite, nosso programa “Arquivo MPB”, sempre resgatando discos importantes da música brasileira de qualidade, toca os primeiros elepês solos dos cearenses Fagner – “Manera Fru-Fru Manera – 1973”,  Amelinha – “Flor da Paisagem – 1977” e Belchior – “Belchior” – 1973”

Read more

Domingo 24 de setembro no nosso programa “Outros Sons” a atmosfera da autêntica música mineira de raiz com os instrumentistas, compositores e intérpretes dos grupos Viva Viola e Viola Urbana

Hoje, até a meia-noite, “Outros Sons” com os violeiros e cantores mineiros dos grupos Viva Viola e Viola Urbana. Viva Viola é formado por intérpretes, compositores e instrumentistas: Bilôra, Chico Lobo, Gustavo Guimarães, Joaci Ornelas, Pereira da Viola e Wilson Dias. Já, o Viola Urbana, tem como mentor, o violeiro, produtor e gestor cultural, João Araújo e participação da cantora e

Read more

Sexta-feira , 22 de setembro no nosso programa “Clube do Samba” 30 composições que celebram a escola carioca Estação Primeira de Mangueira por consagradas vozes de sambistas contemporâneos

Hoje, até a meia-noite CD “Sambas para Mangueira” que reúne temas em exaltação a verde-e-rosa, por artistas que tiveram relações profissionais e sentimentais com a escola, nas vozes de Beth Carvalho, Alcione, Xande de Pilares, Martinho da Vila, Ana Costa, Teresa Cristina, Leci Brandão, Nelson Sargento, Velha Guarda da Mangueira, Leny Andrade e Moyseis Marques, entre outros

Read more

Quarta-feira 20 de setembro nosso programa “Songbook” com o livro de canções do compositor paulista Adoniran Barbosa e seus parceiros, por vários dos intérpretes da Música Popular Brasileira contemporânea

Hoje até meia-noite “Songbook” sempre com o livro de canções de um compositor brasileiro, ou programa temático enfocamos a obra de Adoniran Barbosa por vozes da MPB como Clara Nunes, João Bosco, Beth Carvalho, Casuarina, Gal Costa, Jair Rodrigues, Rita Lee, Dominguinhos,Tetê Espindola e Demônios da Garoa entre outros.

Read more

Quarta-feira 13 de setembro no programa “Aqui Jazz” vários temas instrumentais e cantados do compositor norte-americano Cole Porter por músicos e intérpretes consagrados no cenário jazzístico de todos os tempos

Hoje, até meia-noite programa “Aqui Jazz”, cantores e músicos interpretando criações do americano Cole Porter. Cole Albert Porter nasceu no dia 9 de junho de 1891 na cidade de Peru no estado da Indiana, no Estados Unidos e faleceu no dia 15 de outubro de 1964, aos 73 anos, em Santa Mônica na Califórnia.

Read more

Terça-feira 5 de setembro no “Outros Sons”, gravações do passado e do presente que fogem aos padrões da mídia, a atmosfera pulsante dos artistas maranhenses Tião Carvalho, Criolina, Rita Benneditto e Henrique Menezes e a Banda Bom Que Dói

Hoje, até a meia noite, programa “Outros Sons”espaço aberto para a música alternativa dos maranhenses e os seus respectivos discos: Henrique Menezes e a Banda Bom Que Dói – Passaporte” (2015) , Rita Beneditto – “Encanto” (2014), o Duo Criolina – “Cine Tropical” (2010) e Tião Carvalho – “Quando Dorme Alcântara” (2015).

Read more

Segunda-feira 4 de setembro no “Almanaque” celebramos 70 anos da gravação de “Asa Branca” com 70 versões instrumentais e cantadas do clássico de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira

Hoje celebramos os 70 anos da gravação da música “Asa Branca”. O registro original do clássico, do pernambucano Luiz Gonzaga em parceria com o cearense Humberto Teixeira foi feito no dia 3 de março de 1947 no Rio de Janeiro. Vamos ouvir 70 versões por cantores, grupos e instrumentistas do Brasil, e do mundo inteiro.

Read more